sporting cp cabeçalho 2

Sporting Clube de Portugal e Futebol Clube do Porto, dois dos clubes históricos do futebol português, já tiveram vários intervenientes que estiveram nos dois lados da barricada. Entre treinadores e jogadores, foram dezenas os agentes do futebol que vestiram as duas camisolas.

Já existiram craques a saírem de Alvalade para o Porto, tal como já se verificou o inverso, com algumas figuras do FC Porto a trocarem as riscas verticais azuis e brancas pelas listas horizontais verdes e brancas. Vamos então conhecer sete desses jogadores, que nas últimas décadas tiveram o enorme privilégio de ter alinhado com os símbolos do Sporting e do FC Porto.

DERLEI

Fonte: Facebook Oficial de Derlei
Fonte: Facebook Oficial de Derlei

O Ninja Derlei foi uma figura mítica do futebol português na década de 2000, onde alinhou pelos “três grandes”, Porto, Benfica e Sporting. O clube onde teve mais sucesso foi o FC Porto, onde chegou em 2002/03 vinda União de Leiria. Esteve duas épocas e meia e venceu dois campeonatos, duas supertaças, Taça de Portugal,  Taça UEFA, Liga dos Campeões e Taça Intercontinental.

Anúncio Publicitário

Depois de ter apontado 38 golos na União e 39 nos dragões, Derlei, que era bastante conhecido pela sua enorme capacidade de trabalho e pelo faro que tinha pelo golo, saiu para o Dínamo de Moscovo, onde manteve a bitola exibicional. Contudo, o frio russo e a instabilidade do clube fizeram com que regressasse a Portugal, para jogar no Benfica. Depois de meio ano para esquecer nas “águias”, Derlei seguiu para o Sporting onde foi, na minha opinião, o melhor parceiro que Liedson teve na equipa.

Nos leões, o Ninja brasileiro participou e até marcou um golo importante no mítico jogo dos 5-3 frente ao Benfica em Alvalade. Pouco depois de sair do Sporting, Derlei terminou a carreira no Brasil. Ainda assim, é um dos jogadores que, apesar de ter alinhado em dois clubes rivais, recebe o carinho dos adeptos de ambos os clubes. Isto também se deve ao enorme respeito e capacidade de sacrifício que sempre demonstrou dentro das quatro linhas.