No próximo dia quatro de Fevereiro, irá encerrar o “Mercado de Inverno” e o Sporting CP tem ainda vários dossiers por fechar. Neste momento, são cinco atletas que não entram nas contas de Rúben Amorim e treinam com a equipa “B” leonina. Estes são atletas para os quais o clube se tem de empenhar para encontrar uma solução em relação ao seu futuro.

O guarda-redes, Renan Ribeiro, perdeu na última temporada a titularidade, para Luís Maximiano. Com a chegada de António Adán, deixou de entrar nas opções do treinador leonino, sem qualquer minuto de jogo na época 2020/2021. O guardião leonino tem contrato válido até 2023, com um valor de mercado a rondar um milhão. Com a camisola do Sporting CP, conquistou uma Taça de Portugal e uma Taça da Liga.

Tiago Ilori é o defesa-central que não disputou nenhuma partida esta época. A transferência do central, proveniente do Reading, representou um investimento de cerca de dois milhões e meio. No entanto, Ilori não se conseguiu afirmar, no seu regresso a Alvalade, após passagens por Inglaterra, Espanha e França. O defesa-central tem um contrato válido até 2024, com um valor de mercado de um milhão.

Lumor realizou uma boa temporada em 2019/2020, ao serviço dos espanhóis do Mallorca, somando 24 jogos e um golo apontado. Porém, não entrou nas opções da equipa principal e não foi ainda utilizado. O internacional ganês tem mais um ano de contrato com o Sporting e um valor de mercado de um milhão e trezentos mil, sendo que o clube detém apenas 50% do seu passe.

Anúncio Publicitário
Tiago Ilori é um dos cinco atletas riscados por Rúben Amorim no desenho de 2020/2021
Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

O internacional angolano, Bruno Gaspar, regressou ao Sporting CP após ter jogado em 2019/2020, nos gregos do Olympiacos, contabilizando 21 partidas. Esta época, não integrou o plantel da equipa principal leonina. Gaspar representou um investimento de quatro milhões e meio, proveniente da Fiorentina. No momento da sua transferência, rubricou um contrato válido até 2023, tendo neste momento um valor de mercado de apenas um milhão.

O quinto atleta é Stefan Ristovski, que foi um jogador influente nas últimas épocas dos leões. No entanto, no início da presente temporada, deixou de fazer parte do plantel principal. O internacional macedónio somou, nas anteriores três temporadas, 82 jogos de leão ao peito. Neste momento, é um atleta que tem mercado e poderá sair de Alvalade, tendo um valor de três milhões.

Estes atletas, com o futuro por definir, devem ser prioridade para o Sporting CP. É fundamental encontrar uma solução satisfatória para o clube e para cada um dos jogadores, para que possam jogar com regularidade. Um desfecho positivo neste mercado de inverno, pois encontrar um clube para os jogadores que são dados como transferíveis, permitirá ao Sporting CP realizar um encaixe financeiro e baixar a massa salarial.

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome