Anterior1 de 2Próximo

sporting cp cabeçalho 2

Este fim de semana voltou a ser de emoções muito fortes no campeonato português. Depois do Benfica conseguir mais uma vitória com algum sofrimento, frente a um Vitória de Guimarães bem orientado por Sérgio Conceição, o Sporting deu mais uma demonstração de força em pleno Estádio do Dragão, quase uma década depois da última vitória naquele terreno para a Liga.

A expressão “Portugal vem abaixo!”, que serve de título a este texto, foi, para mim, a mais marcante do fim de semana. Primeiro, porque foi a expressão utilizada por Sérgio Conceição após o jogo na Luz. O Vitória terminou o jogo com metade da equipa amarelada e o técnico foi expulso ainda na primeira parte por Bruno Paixão, de forma um pouco incompreensível.

Slimani foi novamente decisivo no jogo frente ao FC Porto Fonte: Sporting CP
Slimani foi novamente decisivo no jogo frente ao FC Porto
Fonte: Sporting CP

O responsável da equipa vimaranense disse que os seus jogadores estavam a bater o pé ao Benfica e que pode resultar daí a sua expulsão. Parece que não é só Bruno de Carvalho a denunciar favorecimentos ao atual líder da tabela classificativa. Depois do jogo do Dragão, foi Pinto da Costa a admitir que o Sporting seria um justo campeão. Mais uma vez, parece que as “alarvidades” que Bruno de Carvalho e Jorge Jesus dizem vão sendo corroboradas por mais algumas das altas figuras do futebol português.

Portugal também virá abaixo, positivamente falando, caso o Sporting seja campeão. O jogo de ontem foi mais um espetáculo de alto gabarito proporcionado pelos ases de Jorge Jesus. Apesar da fraca qualidade de José Ángel, Chidozie e Martins Indi, tenho de relevar as exibições de João Mário e Slimani. Ambos tiveram uma oportunidade desperdiçada de forma clamorosa na cara de Casillas, é certo.

Mas o argelino, pelos seus dois golos e a forma como destruiu o eixo defensivo dos “dragões”, e o português, pela inteligência bem acima da média que demonstrou, mais uma vez, durante os 90 minutos, foram os grandes dínamos do futebol leonino. Ambos merecem uma vénia, pelo recital de bola que proporcionaram.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários