sporting cp cabeçalho 2

O Estádio de Alvalade recebia na noite desta terça-feira o encontro referente à 1.ª mão do Play-Off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões: o Sporting tentava aproveitar o “fator casa” para construir um resultado positivo frente ao Steaua, de modo a poder viajar confortavelmente até a Bucareste na próxima semana.

Relativamente aos onzes iniciais, Jorge Jesus apenas trocou Fábio Coentrão por Jonathan Silva, que foi titular na última jornada frente ao Vitória de Setúbal. Do lado visitante, Nicolae Dica fez bastantes alterações em relação ao último jogo (empate 1-1 frente ao Astra Giurgiu para o campeonato), e apenas manteve de início Florin Nita, Ovidiu Popescu e Filipe Teixeira, o único português da formação romena.

Perante uma boa moldura humana, o jogo começou a um bom ritmo e com o Sporting a querer desde logo assumir o controlo, perante um Steaua que ia certamente passar os 90’ bastante recuado no terreno e a tentar aproveitar as recuperações de bola a meio-campo para lançar contra-ataques rápidos e perigosos para a defesa leonina. O primeiro remate do encontro pertenceu a Daniel Podence aos 5’, mas passou longe da baliza de Nita. Pouco tempo depois, foi Bas Dost que podia ter feito o 1-0, num lance de insistência, mas a bola não levou o destino desejado. Os primeiros 15 minutos do encontro foram de total domínio do Sporting, embora o golo não tenha aparecido. O primeiro remate dos romenos surgiu aos 22’ por Alibec, contudo Rui Patrício defendeu bem. Na resposta, Acuña enviou a bola ao poste da baliza do Steaua. Os romenos voltaram a ameaçar a baliza de Rui Patrício aos 28’ pelo seu capitão, mas o guardião português voltou a resolver bem a ofensiva adversária. Aos 34’, Acuña teve um livre direto frontal à baliza para inaugurar o marcador, mas a bola embateu na barreira e não causou grande perigo ao guarda-redes do Steaua. Os últimos minutos da 1.ª parte não trouxeram nada de importante a registar, e o intervalo chegou com um nulo no marcador.

O jogo chegou ao intervalo empatado 0-0, mas com o Sporting por cima no encontro Fonte: EPA
O jogo chegou ao intervalo empatado 0-0, mas com o Sporting por cima no encontro
Fonte: EPA

A 2.ª parte começou sem alterações táticas nos dois lados. A entrada do Sporting nos segundos 45 minutos não foi tão forte como se observou na 1.ª parte, o que foi benéfico para o Steaua, que assim aproveitou para estabilizar o seu jogo e até podia ter feito o primeiro golo da partida aos 56’ por Filipe Teixeira, após um livre batido para a área leonina. Seydou Doumbia entrou para o lugar de Daniel Podence aos 60’, com o objetivo de auxiliar Bas Dost na tentativa de quebrar a resistência defensiva romena. Na sequência de um pontapé de canto, aos 61’, Jérémy Mathieu cabeceou ao lado da baliza de Florin Nita. Nesta altura do encontro, o Sporting voltou a estar por cima do Steaua, contudo o marcador mantinha-se inalterado, o que fazia aumentar a impaciência dos adeptos sportinguistas. O Steaua ia aproveitando as desconcentrações ofensivas do Sporting para tentar visar a baliza de Rui Patrício, e aos 76’ podia ter gelado as bancadas de Alvalade, mas o remate fez a bola passar ao lado do poste. Na resposta, Bruno Fernandes obrigou o guardião romeno a aplicar-se para manter o 0-0. A 5 minutos do fim, Jorge Jesus colocou em campo Iuri Medeiros, com vista a ter mais elementos na frente de ataque do Sporting. Bruno Fernandes voltou a querer fazer o 1-0, embora o seu remate tenha saído bastante ao lado. Os Leões tentaram o tudo por tudo no tempo de compensação, mas sem o efeito desejado. O árbitro alemão apitaria para o final, e 0-0 foi o resultado final, que castiga a falta de assertividade da frente de ataque leonina e premeia os romenos, que assim levam a discussão da eliminatória para Bucareste.

Anúncio Publicitário