sporting cp cabeçalho 1

Em dia de jogo contra os estudantes, Jesus apostou em algumas alterações na equipa, sendo novidade Ruben Semedo e Carlos Mané, apostando também em Marvin Zeegelaar no eixo defensivo. Novamente com casa composta, com 40.139 pessoas, os leões prometiam uma entrada em força dentro de campo.

No entanto, o primeiro golo apareceu por parte da Académica, através de Rafa Soares, que, após uma marcação de canto do lado direito, aparece à entrada da área leonina. A defesa não fica bem na fotografia, já que se “esqueceu” do jogador que inicialmente aparecia ao segundo poste. O Sporting CP ia tentando aparecer no caminho da baliza, mas sem a pontaria afinada, como foram os casos dos remates de João Mário e Adrien.

Depois de várias tentativas, o Sporting chega ao empate por Adrien Silva, que, após uma boa jogada individual, remata para o poste contrário, equilibrando as contas do jogo.

Num momento de mais tensão, onde Jorge Jesus foi expulso, o Sporting CP dá a volta ao marcador, desta vez com Bryan Ruiz a encostar, após cruzamento de Carlos Mané. Estranho é que, nesta jogada, o árbitro dá lei da vantagem numa jogada com falta dentro de área cometida sobre Mané e que, consecutivamente,daria penálti para o Sporting CP. Pouco depois o árbitro Cosme Machado apita para o intervalo, debaixo de grandes assobiadelas dos adeptos presentes em Alvalade.

Anúncio Publicitário
Adrien está a realizar uma época incrível e o golo de hoje será dos melhores da sua carreira Fonte: Sporting
Adrien está a realizar uma época incrível e o golo de hoje será dos melhores da sua carreira
Fonte: Sporting CP

No começo da segunda parte, Jorge Jesus quis movimentar mais o ataque leonino, substituindo William Carvalho por Gelson Martins. O jogo esfriou em relação à primeira metade, mas com a equipa da casa sempre em busca de mais um golo.

Eis que, novamente num momento um tanto caricato mas mais polémico, surge novamente o empate: após livre marcado para a área, Rui Patrício tira de punhos e Ricardo Nascimento remata à baliza de cabeça. No entanto, há um jogador que se faz à bola, João Real, que “supostamente” estava fora-de-jogo, discutindo o lance com Ewerton, sendo marcado autogolo do jogador sportinguista. Cria-se um momento de expectativa, onde Cosme Machado acaba por dar golo à equipa visitante.

O Sporting continuava a equipa atacante e, com mais um elemento em campo, devido a expulsão de Aderlan Silva, acaba por chegar novamente à vantagem por Montero, que, do lado direito da área de Pedro Trigueira, remata rasteiro. Hugo Seco fica mal na fotografia com um erro, deixando o número dez do Sporting CP aparecer-lhe nas costas.

O jogo acabou por não ter muito mais história. Foi uma partida onde ambas as equipas lutaram pela vitória, mas em que os leões passaram no teste dos academistas.

A Figura:

Adrien Silva – o rosto da luta leonina. Marcou um golo e sempre se mostrou inconformado com o resultado, lutando sempre para levar a vitória para casa.

O Fora-de-Jogo:

Cosme Machado – Quis ser o maior protagonista do jogo, cometendo dois erros graves e tentando mostrar respeito (que não ganhou) ao longo da partida. Nota negativa para o árbitro do encontro.

Foto de Capa: Sporting CP