Anterior1 de 3

Depois da parte 1 da análise tática deste SC Braga de Carlos Carvalhal, vem a segunda parte deste “Força da Tática”. Venham daí.

TRANSIÇÃO DEFENSIVA

No processo de transição defensiva, a equipa orientada por Carlos Carvalhal, tem o perfeito ‘mindset’. Forte reação à perda, boa recuperação defensiva e os jogadores que se encontram já em posições defensivas tendem a ter uma boa resposta posicional à transição. Deixo aqui em baixo um exemplo de jogo:

Anúncio Publicitário

Na primeira fotografia, quando os ‘guerreiros’ perdem a bola, têm sete jogadores no último terço. Com uma sublime reação à perda, recuperação defensiva e posicionamento, a equipa recupera a bola em 13 segundos e já com oito jogadores junto ao portador da bola (Francisco Geraldes). Um dos traços deste SC Braga.

Anterior1 de 3

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome