A Liga dos Campeões é o troféu europeu mais importante a nível de clubes. A participação é sempre um motivo de orgulho e todas as equipas têm como objetivo chegar o mais longe possível nesta competição. Para algumas, a conquista é quase vista como uma obrigação.

Foi criada em 1955 e teve a designação de Taça dos Campeões Europeus até 1992, quando a UEFA alterou o nome por motivos publicitários. O Real Madrid é o máximo vencedor da prova, com 13 conquistas, seguido do AC Milan com 7 e do Liverpool com 6. Desde o início do século, o Barcelona e o Real Madrid são os reis do torneio, com 10 títulos arrecadados em 20 edições.

Tanto o FC Porto como o Benfica contam com duas conquistas, sendo que os dragões alcançaram esse feito histórico em 2004, elevando o nome de Portugal. Desde esse momento, o máximo que uma equipa portuguesa conseguiu chegar foi até aos quartos de final.

As finais da Liga dos Campeões são sagradas para o verdadeiro adepto do futebol, que, certamente, fica com detalhes dessas partidas gravados na memória (como o resultado, os marcadores, as equipas iniciais, o estádio e principalmente os golos, pois são esses que ditam a emoção desses duelos empolgantes).

Anúncio Publicitário

Nas páginas seguintes, podem consultar quais foram, na minha opinião, as melhores finais da prova rainha europeia do século XXI.

Nota: A mítica remontada do Manchester United sobre o Bayern Munich foi um ano antes da viragem de século, o que impossibilita a colocação nesta lista. Um ano mais tarde e estaria seguramente no top.