12 de Janeiro de 2014 – 15.ª Jornada da Liga ZON Sagres 

Benfica 2–0 Porto         

O Benfica encontrava-se de luto pela perda da sua maior lenda: Eusébio da Silva Ferreira. Houve um minuto de silêncio e 11 Eusébios entraram em campo no primeiro jogo depois da sua morte. Coincidência ou não, esse jogo era um clássico frente ao FC Porto.

Os encarnados, movidos pela vontade de homenagear o Pantera Negra, fizeram um jogo espetacular.

Anúncio Publicitário

Aos 13 minutos, Rodrigo marcava um golo com um pontapé em força, fazendo explodir o estádio e sorrir Eusébio, que, lá de cima, os via a jogar.

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
Artigo anteriorUm virar de página na carreira de Eric Bicfalvi
Próximo artigoJuventude de Viana empata Benfica
Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.