2.

André Santos (Jornada 5: CS Marítimo 1-3 Belenenses SAD) – Este é um daqueles golos que nunca saberemos se o jogador o conseguiu com plena intenção ou se foi mera sorte. Independentemente disso, não podemos deixar de apreciar a beleza deste canto direto, convertido por André Santos, que enganou toda a defensiva do Marítimo.

A complexidade da execução deste golo é tão grande, que certamente o jogador português vai recordá-lo com carinho como um dos melhores da sua carreira. Já o guarda-redes Charles Silva, ainda hoje se deve questionar como é que esta bola não foi para fora.