Anúncio Publicitário
Anterior1 de 6

Ira, entusiasmo, explosão de alegria, nervos à flor da pele. Um constante duelo entre a razão e a emoção. É este o cenário que os clássicos provocam e que os tornam tão especiais – é difícil imaginar o Desporto-Rei sem a rivalidade e a inflamabilidade destes encontros que param, autenticamente, nações. Em diversos países, sob várias línguas e cores.

Se é certo que o Futebol move paixões e não é só um jogo, nestes duelos essa vertente é levada ao expoente máximo. Uma questão de orgulho, de querer impor superioridade ao rival. Verdadeiras epopeias, eletrizantes, arrepiantes e cujas origens remontam a várias décadas atrás e pelos mais diversos motivos: seja a religião, passados em comum, ou mesmo por razões políticas.

Anúncio Publicitário

Se, por terras lusitanas, as partidas entre os denominados “três grandes” monopolizam, a par do dérbi do Minho, o fascínio dos adeptos, fora de portas, cada país tem as suas batalhas e encontros únicos que prendem milhões à ação dentro das quatro linhas.

Assim, no presente artigo, proponho-me a traçar uma viagem ao redor do globo pelos maiores clássicos do “Beautiful Game”.

Anterior1 de 6

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome