Anterior1 de 6

Nem só de bons momentos vive o futebol. Quando os resultados não parecem ir ao encontro das expectativas, os adeptos tendem a tentar encontrar explicações para o fracasso. Em Portugal, e não só, muitas vezes opta-se por substituir treinadores, independentemente do momento da temporada, talvez em busca das famosas “chicotadas psicológicas”. Outros, simplesmente não conseguem incutir as suas ideias de jogo, acabando por ter de sair naturalmente, do cargo que ocupam.  Eis uma lista de cinco treinadores que começam a sentir alguma contestação e veem agora a demissão mais próxima.

Anterior1 de 6

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome