Anterior1 de 5Próximo

De 27 de Setembro a 6 de Outubro, a cidade de Doha, a capital do Qatar, recebe a 17.ª edição dos Campeonatos do Mundo de Atletismo.

A estranha escolha da cidade organizadora levanta dúvidas em várias áreas – números de espectadores, respeito de direitos humanos, condições climatéricas – mas muitos são os que acreditam que a nível de performances estes poderão ser campeonatos verdadeiramente especiais.

Os primeiros campeonatos sem Usain Bolt, são campeonatos que, felizmente, estão recheados de estrelas em várias disciplinas, seja na velocidade, na meia/longa distância, na estrada, nas barreiras, nos obstáculos, nos saltos ou nos lançamentos. Nos últimos anos, grandes promessas a nível mundial despontaram e estes serão os primeiros grandes campeonatos para muitos deles, que terão uma grande montra para mostrar o seu valor e derrotar alguns dos nomes mais consagrados do nosso desporto.

Com várias inovações a serem introduzidas – estádio com ar condicionado; provas de estrada à noite/madrugada; recursos tecnológicos de ponta; patrocínios no equipamento nacional; provas mistas – o Atletismo parece entrar numa nova era e nós estaremos lá para vivenciar tudo! Numa parceria com o Planeta do Atletismo, iremos tentar trazer um pouco do calor do Qatar, com análises e artigos diários (ou sempre que se justifique), procurando focarmo-nos tanto nas prestações nacionais, quanto nos destaques internacionais, num tipo de cobertura pouco vista a nível nacional.

Falando de Portugal, relembramos que são 15 os atletas que levamos ao Qatar, com diferentes expectativas, os quais também introduzimos neste especial.

Este “Guia para Doha 2019” vai estar dividido em dois artigos onde iremos falar, em primeiro lugar, sobre toda a comitiva portuguesa que vai representar o país em Doha e, por fim, teremos uma perspetiva para todas as provas deste Mundial.

Anterior1 de 5Próximo

Comentários