Cabeçalho modalidadesCada vez mais próximos do começo da temporada 2018, para final de ano decidimos falar um pouco de alguns dos principais jovens promissores para os próximos anos. Seguimos apenas dois critérios:

  • Atletas sub-23
  • Atletas que ainda não conquistaram a medalha de Ouro em Eventos Globais ao ar livre: Campeonatos Mundiais e Jogos Olímpicos

Esta semana apresentaremos 12 nomes no feminino, acrescentando uma “Aposta Certa” de um nome que será difícil falharmos em antever que conquistará um evento global no futuro. Na próxima semana, o mesmo exercício será feito para o masculino e para breve publicaremos também um artigo referente às promessas nacionais.

Embora tenhamos procurado fazer uma escolha abrangente, não deixámos de focar as disciplinas que normalmente geram mais expectativa (especialmente a velocidade) e que como tal têm mais jovens talentos facilmente identificáveis, pelo que não procurámos limitar promessas de acordo com a prova em que são especialistas. Muitos outros nomes poderiam ser acrescentados e não foi fácil chegar a apenas 12 nomes a nível global (ou 13, se contabilizarmos a aposta certa), o que só demonstra o nível cada vez maior do Atletismo a nível de escalões jovens.

Anúncio Publicitário