cab desportos motorizados

Sébastien Vettel (Red Bull) venceu o Grande Prémio (GP) da Coreia do Sul, em mais uma prova a contar para o Mundial de Fórmula 1 (F1), e deu mais um passo para a revalidação do título mundial da categoria – o seu quarto consecutivo. Isto pode levar a que ambas as modalidades mais importantes do desporto motorizado, F1 e WRC, sejam vencidas por pilotos de nome Sébastien pelo quarto ano consecutivo.

O alemão já venceu oito grandes prémios esta temporada e, se garantir a vitória no GP do Japão, a realizar amanhã, pode já sagrar-se campeão. Para tal, “apenas” precisa de que Alonso (Ferrari) fique na nona posição ou em posição pior. Pode acompanhar esta prova em direto na Sport TV 1 a partir das 7h no domingo.

 Vettel no pódio após a sua 1ª vitória http://www.sopapeldeparede.com.br/wp-content/uploads/2011/12/sebastian-vettel-photo-monza-italy-f1-wallpaper-winner.jpg
Vettel no pódio após a sua 1ª vitória
Fonte: sopapeldeparede.com.br

Vettel está a realizar mais uma temporada muito boa, em que já bateu o número de vitórias (cinco) da temporada passada. O alemão de 26 anos já conquistou 34 vitórias na sua carreira, sendo de destacar que conseguiu a única vitória até hoje alcançada pela Toro Rosso, equipa satélite da Red Bull, no GP de Itália de 2008. Esta vitória está na história por Vettel ser o piloto mais novo a alcançar uma vitória na F1, com apenas 21 anos e 73 dias.

Vettel está, de resto, a mostrar ser o piloto mais regular e mais consistente de todo o “Grande Circo”, o que, aliado ao seu conhecimento total da máquina, tem levado a que seja praticamente imbatível quando não enfrenta problemas. O piloto da Red Bull também parece estar a caminho de bater todos os principais recordes da modalidade, na sua grande maioria detidos pelo seu conterrâneo Michael Schumacher.

Mas para a conquista de tais vitórias, o trabalho de António Félix da Costa tem sido muito importante. O português, que pode estar a caminho da Toro Rosso, é piloto de testes da Red Bull e os seus testes em simulador já foram várias vezes enaltecidos tanto pelos dois pilotos da equipa como pelo próprio chefe de equipa. Formiga é mesmo considerado por todos o principal candidato a ocupar a vaga deixada livre por Daniel Ricciardo, que se vai mudar para a equipe principal, já que Mark Webber vai deixar de correr na F1. É bom relembrar que a esperança portuguesa já participou por duas vezes nos testes destinados a jovens esperanças; a primeira vez foi em 2010, ao serviço da Force India, e a segunda na temporada passada, já ao serviço da Red Bull.

Félix da Costa a testar o Red Bull, http://www.f1fanatic.co.uk/2013/07/17/young-drivers-test-day-one-in-pictures/f1-young-driver-tests-silverstone/
Félix da Costa a testar o Red Bull
Fonte: f1fanatic.co.uk

Esta mudança é, para todos os que seguem a modalidade e especialmente para os portugueses, o passo certo a dar na continuação da carreira do jovem português de 22 anos. Se a mudança se confirmar, Félix da Costa tem tudo para se tornar uma das revelações do campeonato, já que, com as mudanças que vão acontecer na próxima temporada, todos os pilotos acabam por ter de se adaptar a uma nova forma de pilotagem; além disto, a equipa “B” da Red Bull vai mudar de fornecedor de motores, deixando a Ferrari para se juntar à Renault, a mesma marca que já fornece os motores à equipa principal austríaca.

Comentários