Cabeçalho modalidadesA primeira meia-final da Euroliga feminina colocou, frente a frente, a equipa anfitriã e líder na OK Liga, CP Gijón, e o tetracampeão nacional, Benfica. Num jogo que poderia ter caído para qualquer uma das equipas, a sorte voltou a ficar do lado caseiro e o conjunto de Paulo Almeida acabou derrotado por 4-3, com o golo de ouro a ser decisivo.

O jogo teve um inicio equilibrado, com as duas equipas a procurar a baliza adversária. No entanto, em virtude de uma falha defensiva do Benfica, Anna Casarramona abriu o marcador, através de uma “picadinha”.

Em desvantagem, as encarnadas foram à procura do empate e, pouco depois, através de um lance de contra-ataque, Marlene Sousa, totalmente isolada, não conseguiu marcar.

A intensidade registada em pista era alta e o Benfica demonstrava não ter sentido o golo, pois acertou as marcações defensivas e criava vários lances para empatar.

balneario slb
Balneário do SL Benfica
Fonte: Sara Almeida Oliveira – BTV

Num jogo muito aberto, assim como equilibrado, as oportunidades sucediam-se, mas Maria Celeste Vieira e Elena González, sobretudo esta, iam impedindo novas alterações no marcador. No entanto, depois de muitas oportunidades, as tetracampeãs nacionais chegaram ao empate. Bela jogada coletiva, numa saída para o contra-ataque, Marlene Sousa assistiu Rita Lopes para o 1-1.

Anúncio Publicitário

O golo encarnado devolveu alguma justiça ao marcador, premiando assim o melhor período das benfiquistas, durante a primeira parte. Após o empate, oportunidades para virar o resultado não faltaram, mas a guardiã espanhola manteve o jogo empatado.

A três minutos do intervalo, numa situação de dois para um, Maria Diez voltou a colocar o Gijón na frente do marcador. Todavia, a resposta benfiquista não se fez esperar e, um minuto depois, Rute Lopes, depois de uma jogada de muita insistência, empatou o jogo.

Chegado o intervalo, o placard indicava um empate a 2-2, resultado justo por aquilo que ambas as equipas tinham apresentado em pista, durante os primeiros 25 minutos.