Luís Miguel Afonso Fernandes. O 21 do Sport Lisboa e Benfica. Pizzi no mundo do futebol.

Da Covilhã a Paços de Ferreira, de Braga para Espanha com passagem pelo Club Atlético de Madrid, RC Deportivo da Coruña e RCD Espanyol de Barcelona. E, finalmente, para o SL Benfica.

Foi construindo o seu legado no Estádio da Luz passo a passo. Do banco para o relvado, da direita para o centro e de volta à direita. Apoiado e apoiando jogadores como Lima, Nico Gaitán, Mitroglou, Seferovic, Rafa e o genial Jonas. Agora, sem o craque brasileiro nos relvados da Luz, Pizzi tornou-se o nome maior do actual Sport Lisboa e Benfica.

A época 2019-20 está a confirmar-se como aquela em que mais decisivo se tornou. São 25 jogos oficiais com 19 golos marcados e 10 assistências concedidas. E o seu futebol é muito mais que estes números… Um verdadeiro playmaker.

Anúncio Publicitário

Assim, inspirado pelo grande golo concretizado na Taça de Portugal contra o SC Braga, nada mais justo que aproveitar esta pausa de inverno para destacar aquilo que Pizzi tem dado ao jogo do Benfica com um top 5 dos seus melhores momentos de águia ao peito.

Entre tantos momentos – vários de enorme classe, como a assistência para Rafa no golo da vitória no Dragão na época transacta – optei por destacar os seguintes: