Anúncio Publicitário

A CRÓNICA: ENCARNADOS SEGUEM EM FRENTE NA TAÇA

Uma competição diferente, mas muita coisa em jogo no que diz respeito à fase que enfrentavam estas duas equipas. Restava saber qual era a resposta do SL Benfica depois de vários resultados negativos e desta vez com alguns retornados que tinham testado positivo à Covid-19. Já o Belenenses SAD vinha moralizado de um triunfo frente ao CD Tondela para o campeonato.

Anúncio Publicitário

O duelo começou com a formação de Petit a querer jogar olhos nos olhos com os encarnados. Muito pressão no portador da bola, muita serenidade nos momentos de jogo e com um bloco muito compacto a não permitir espaços às águias. Mas o Benfica não deixou de os procurar. Aos 13 minutos, Rafa Silva esteve muito perto de fazer o primeiro de cabeça. Só não o fez porque André Moreira respondeu ao lance de forma exímia e socou a bola para afastar o perigo. A resposta dos azuis veio segundos depois. Uma grande oportunidade para o Belenenses SAD só não mexeu com o marcador porque Cassierra foi egoísta e só viu a baliza à frente enquanto tinha duas linhas de passe que podiam ter deixado Svilar em apuros.

Estava a ser um jogo bem disputado, com oportunidades para ambos os lados. O Belenenses SAD estava cada vez mais confortável dentro das quatro linhas, mas eis que o futebol faz uma das suas. Ou devo dizer “Gonçalo Silva” e “André Moreira”? Pois, bem, foi aos 32′ que uma atrapalhação entre estes dois atletas serviu de bandeja para o primeiro golo da noite marcado por Darwin Núnez. Um tento que pesou para os comandados de Petit que, quatro minutos depois, sofreram o segundo. Rafa aparece ao segundo poste depois de um canto e abana novamente as redes do Belenenses SAD. Uma abanão para o conjunto de Petit que se sentiu até ao final do primeiro tempo.

A segunda parte arrancou com um Belenenses SAD a tentar ter mais bola. Uma posse cautelada, com a equipa a jogar curto e simples sem comprometer. Já as águias vieram dos balneários a lume brando, gerindo o resultado que lhe era favorável. Isso contribui para uma segunda parte francamente mais pobre. O ritmo do duelo diminui substancialmente e dava a ideia de que já não havia muito para ver deste confronto. Mas Franco Cervi apareceu para “abrir o livro” e mostrar que ainda havia pelo menos mais um golo para se contar. Terceiro tento da noite aos 72′ com um grande trabalho de Rafa a servir para Cervi fazer um chapéu ao guarda-redes André Moreira.

Foi uma noite feliz para o Benfica que se mostrou mais consistente, mais tranquilo e competente esta noite. Claro que o título não é mais do que uma mera brincadeira. A vitória deve-se a esta postura da equipa encarnada, que lhe valeu o carimbo para a meia-final da Prova Rainha, onde as águias vão ter pela frente a equipa do Estoril Praia SAD.

A FIGURA

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Cervi – Provavelmente o último jogo de águia ao peito. E que bela forma de despedida! De certo que seria mil vezes mais memorável com adeptos nas bancadas, mas os aplausos ouvidos no estádio pelo staff dos encarnadas demonstram a importância da raça deste jogador nos quadros do SL Benfica. E hoje ainda teve o mérito de ter feito um golo, com um chapéu a André Moreira. Quanto ao jogo: como, aliás, até já é costume: teve a raça e a entrega que o tanto o caraterizam.

 

O FORA DE JOGO

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Gonçalo Silva – Aquele lance do primeiro golo deve ser provavelmente dos mais caricatos que os adeptos de futebol vão ver nos próximos tempos. Uma atrapalhação que custou um golo sofrido à equipa do Belenenses SAD e um golo que pesou nas costas para os comandados de Petit. Atribuo grande responsabilidade do lance a Gonçalo Silva e, por isso, é o meu fora de jogo esta noite.

 

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

O Benfica apresentou-se esta noite num 4-4-2 com alguns “retornados” que tinham testado positivo à Covid-19. De regresso ao onze inicial, estavam Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Waldschmidt e Gabriel. Viu-se um Benfica a insistir forte no meio-campo do Belenenses SAD e a tentar assumir o jogo na primeira parte.

No segundo tempo, o caso mudou de figura: os encarnados deram mais bola ao adversário. Tiveram uma posição mais passiva, mas, ainda assim, de controlo tendo em conta o resultado. A entrada de Pizzi serviu para reforçar essa postura. O médio benfiquista entrou para dar mais critério e controlo do jogo. O homem que surgiu para fazer a ligação entre o meio-campo e o ataque. Notou-se uma clara gestão do jogo porque aí à porta está um duelo exigente e decisivo para as contas do campeonato: o dérbi frente ao Sporting CP já na próxima segunda-feira.

 

11 INICIAIS E PONTAÇÕES

Svilar (6)

Gilberto (5)

Grimaldo (5)

Vertonghen (5)

Darwin (7)

Waldschmidt (4)

Cervi (8)

Rafa (7)

Jardel (6)

Taarabt (5)

SUBS UTILIZADOS 

Pizzi (6)

Weigl (5)

Haris Seferovic (-)

Chiquinho (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – BELENENSES SAD

A equipa do Belenenses SAD apresentou também com algumas novidades no onze face ao último duelo frente ao Tondela. Num 3-4-3, Petit colocou, desta vez, André Moreira na baliza. Também Henrique Buss e Sithole assumiram a titularidade para ocupar os lugares de Cafú Phete e Bruno Ramires.

Na primeira parte, houve muita pressão no portador de bola e, nisso, Cassierra teve um papel importante. O número nove estava a encurtar as linhas de passe sempre que Gabriel e Taarabt vinham buscar a bola entre os centrais. Uma pressão que, até certa altura, estava a causar efeito. De destacar ainda a liberdade que o trio de ataque do Belenenses SAD teve em muitos momentos do duelo, com Miguel Cardoso a conseguir explorar espaços mais interiores.

Na segunda parte, o Belenenses SAD teve mais bola, mas, apesar disso, não conseguiu ligar o último passe. Era uma posse inofensiva, muito por mérito da equipa da Luz.

 

11 INICIAIS E PONTUAÇÕES 

André Moreira (5)

Tomas Ribeiro (5)

Ruben Lima (5)

Cassieira (7)

Varela (5)

Miguel Cardoso (6)

Tiago Esgaio (4)

Yaya (4)

Afonso Taira (5)

Henrique Buss (5)

Gonçalo Silva (3)

SUBS UTILIZADOS 

Bruno Ramires (5)

Francisco Teixeira (5)

Richard Alexandre (-)

Danny Henriques (-)

Dieguinho (-)

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

SL Benfica

Não foram colocadas questões ao treinador João de Deus

Belenenses SAD

Não foi possível colocar perguntas ao treinador Petit 

 

 

 

 

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome