O mercado de transferências da época 2014/2015 foi um dos mais agitados de sempre no Dragão. Lopetegui foi cedo anunciado e claramente preparou muito bem a abordagem ao mercado. No final desta janela de transferências, olho para o plantel e vejo uma equipa para ser campeã, com o máximo grau de certeza que é possível ter no futebol. Contudo, nem tudo nesta abordagem é positivo.

As muitas contratações que o FC Porto fez fecharam quase por completo a ténue abertura de progressão que havia para os jovens formados no clube (excepto para Ruben Neves) e isso aconteceu justamente quando surgiu uma fornada de jogadores na academia com a qualidade que há muito tempo já não se via. A contratação de Vincent Aboubakar e a permanência de Jackson hipotecaram as possibilidades (se não dos dois, pelo menos de um) que André Silva e Gonçalo Paciência poderiam ter na equipa principal – dois excelentes avançados que podem muito bem ser o futuro da selecção na posição 9. Por outro lado, as chegadas de Opare e José Angel impediram a promoção de Victor Garcia e Rafa, dois laterais de grande potencial que poderiam ser grandes soluções para as faixas laterais e que demonstram já demasiada qualidade para a Liga Cabovisão. Por último, as contratações de Óliver, Otávio e Evandro fecharam as portas a Tozé, ele que se poderia tornar numa excelente solução para a posição 8/10 ou ainda para actuar na ala esquerda como tantas vezes e tão bem o fez na época passada na liga Cabovisão.

rafa
Rafa poderia ser uma solução interessante para a equipa principal
Fonte: fcporto.pt

Este é o preço de reduzir ao máximo a incerteza de ser campeão. O desespero em voltar a conquistar o título pode significar para o FC Porto o eclipse de uma das mais promissoras e brilhantes fornadas de jogadores que a cantera azul e branca já produziu. Recorrendo ao mercado de modo a minimizar os riscos e a construir um plantel que oferecesse garantias, o FC Porto, implicitamente, ancorou Rafa, André Silva, Gonçalo Paciência e Victor Garcia à equipa B e cedeu Tozé ao Estoril. Contudo, é de ressalvar que nem todas as soluções encontradas no mercado trouxeram mais garantias, no imediato, do que aquelas que dão alguns dos jovens descartados!

Comentários