Anterior1 de 4

Desde há uns anos para cá, descobri que o meu clube pode expulsar de sócio qualquer indivíduo que esteja em determinado momento na direção do mesmo e entenda que este não preenche os requisitos para usufruir dessa categoria.

Ou seja, se se entender que determinado sócio actuou de forma a ferir os estatutos do clube, deve ser afastado, como aconteceu recentemente com alguém por – supostamente – difamar a imagem de dirigentes do clube, e provocar prejuízos morais e materiais para o Sporting CP, entre outros.

Dito isto, e tendo em conta esses mesmo pressupostos, quero acrescentar aqui três nomes que poderíamos colocar à discussão para abandonarem a lista de associados do Sporting Clube de Portugal.

Desses três, não sei se todos serão ainda pagantes, mas, pelo sim, pelo não, deveriam ser expulsos para que não lhes seja dada qualquer chance de algum dia poderem vir a candidatar-se aos órgãos sociais do clube. Porque foi essa também a principal razão de expulsões anteriores.

Anúncio Publicitário

E não me venham dizer que se não forem pagantes não podem entrar em listas, porque até nesse caso temos já exemplos que rebatem esse mesmo argumento. Basta pagar as cotas atrasadas e está resolvido.

Segue, então, o meu pódio de sócios que nunca o deveriam ter sido, e, se ainda o forem, deveria ser-lhes retirado esse direito:

Anterior1 de 4

1 COMENTÁRIO

  1. Nossa senhora, este opinador é máquina de destilar ódio. LFV ser sócio é uma farsa, mas expulsar Paulo Futre é Otávio Machado apenas por se exprimirem com opiniões (e não atacar como este opina diz) revela bem o estado de alma deste senhor. É contra a liberdade de expressão. Só posso assumir tal.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome