O guarda redes espanhol, Antonio Adán, é o quinto reforço a chegar a Alvalade e irá integrar o plantel para a temporada 2020/2021. Com 33 anos, o portero espanhol assina por duas épocas, mais uma de opção, numa transferência a custo zero após terminar a sua ligação com o Atlético de Madrid.

Ao longo da sua carreira, teve passagens por quatro clubes, sendo eles o Real Madrid CF, Cagliari Calcio, Atlético de Madrid e Betis de Sevilha. Fez toda a sua formação nos galáticos de Madrid e terminou o seu vínculo em 2013, a custo zero. Em novembro do mesmo ano assina pelo Cagliari Calcio de Itália e em janeiro de 2014 transfere-se para o Betis de Sevilha numa transferência relâmpago. No verão de 2018 mudou-se para os colchoneros, terminando a sua ligação durante o presente mercado de transferências.

Podemos considerar Adán um jogador habituado a grandes palcos. Contudo, nunca foi um titular indiscutível por onde passou, sendo muitas vezes segunda opção, e por esse motivo surge a dúvida sobre qual será o seu papel na equipa leonina. Será que o objetivo é roubar a titularidade a Luis Maximiano?

Anúncio Publicitário

Olhando para os números do seu contrato, existem rumores de que este irá auferir entre 700 a 800 mil euros por época. Tendo em conta este investimento e realidade do clube, parece-me que será uma forte aposta para assumir a titularidade da baliza leonina. Por sua vez, este investimento poderá significar, eventualmente, a diminuição da aposta em Max.

Em toda a sua carreira participou em apenas 276 jogos (por exemplo, Rui Patrício contabiliza 552 jogos), sofrendo um total de 374 golos.

Antonio Adán destaca-se pela qualidade na saída nos postes (um para um) e jogo de pés. Entre os postes também parece ter qualidades interessantes. Nos últimos anos, o Sporting CP tem sentido alguma dificuldade em ter guarda redes que se destaquem pela qualidade com bola. A sua experiência em ligas competitivas constitui um fator bastante interessante e poderá ser fundamental para acrescentar qualidade à equipa verde e branca.

Espero que possa ser uma mais valia para o plantel, que ajude Max a crescer e que possa fazer parte do sucesso leonino. Os meus votos de sucesso para Adán.

Foto de Capa: Sporting CP

Artigo revisto por Joana Mendes