3.

A seleção de 2002 era tida como uma das candidatas ao título, mas falhou redondamente
Fonte: FPF

Saltillo e Macau – Os desastres da seleção portuguesa em Mundiais: Os nomes Saltillo e Macau não trazem memórias bonitas ao Futebol português. Com uma distância temporal de 16 anos, os dois casos expuseram as debilidades da Federação portuguesa num correto planeamento de uma prova de elevada reputação como é o Mundial. Em Saltillo, os jogadores portugueses revoltaram-se face às condições encontradas e também devido aos prémios de jogo que não eram de acordo com as exigências dos 22 eleitos para representar a nação. Já em Macau, a escolha do estágio pré-Mundial foi vista como ‘irresponsável’, uma vez que não era o local ideal para se afinar a tática para o primeiro campeonato do mundo em solo asiático. Com algumas diferenças entre si, Saltillo e Macau são de facto dois episódios que deixaram marcas na seleção e que impossibilitaram um percurso positivo tanto no Mundial de 1986, como no de 2002.