SITE TEMPORÁRIO

21 de Janeiro, 2022

Tadej Pogacar

Gigante Pogacar vence Tour de France

ETAPA 21

Chegou o último dia do Tour, com a chegada final a Paris, nos Campos Elísios. Etapa de consagração para Pogacar, com uma extensão de 122 quilómetros. A fuga foi marcada por quatro elementos: Max Schachmann, Connor Swift, Greg Van Avermaet e Luc Périchon. A diferença para o pelotão foi sempre curtinha, sem permissão de grandes avanços para a fuga.

Na entrada para a reta final, Morkov (Deceuninck-Quick Step) seguia na frente, trazendo Sam Bennett. Stuyven lançou o sprint para Mads Pedersen, mas Bennett na direita impôs-se com a autoridade devida, e encerra o tour e a classificação dos pontos de forma fantástica. Nos dois anos anteriores tinha sido Sagan a vencer esta classificação.

Acabou assim mais uma edição do Tour de França. Com claro destaque para Tadej Pogacar, que foi monstruoso no contrarrelógio, quando muitos já pensavam que estava arredado do primeiro lugar. Um grande pódio de Richie Porte, ele que perdeu o nascimento da sua segunda filha para estar no pódio final em Paris. O australiano voltou aos grandes palcos, depois de ter andado vários anos em busca da sua sorte, mas os infortúnios iam sempre aparecendo.

Uma super grande volta de Wout Van Aert, onde conquistou duas etapas e carregou a equipa durante várias etapas. Marc Hirschi e Soren Kragh Andersen, colegas de equipa, andaram muito bem durante toda a prova, e conseguiram somar três etapas no total para a Sunweb. A camisola verde foi também destaque, com uma luta aguerrida, mas que cedo se percebeu que Bennett estava mais forte que Sagan nos sprints. A etapa em que o eslovaco foi penalizado contribuiu para as diferenças finais.