5. Vata Matanu Garcia: 77 jogos, 34 como suplente utilizado – 37 golos

Mão ou peito? O angolano ainda hoje insiste que o golo ao Marselha, na meia-final da Taça dos Campeões, é legal. O golo que carimbou ao SL Benfica o passaporte para o Prater de Viena é o zénite da sua carreira na Luz, numa amálgama de poucos jogos completos e muitos golos, de todas as formas e feitios.

O conto de fadas iniciou-se em 1988, quando chega do Varzim juntamente com Miranda, um playmaker que supostamente faria as delicias do Terceiro Anel. Vata vinha quase como extra, sem grandes promessas de sucesso – poucos esperavam a troca de papéis e o seu impacto imediato.

Anúncio Publicitário

Com 16 golos em 1988-89 conquistou o prémio de melhor marcador da Liga: só ele deu nove pontos ao SL Benfica, numa altura em que a vitória ainda valia dois e o segundo classificado ficara… a sete!

Acresce a admiração se tivermos noção do contexto em que produziu esta monstruosidade estatística: apenas 21 jogos a titular, 13 como suplente utilizado, na soma de todos os jogos para todas as competições, onde acabou com um total de 18 golos. Em 1989-90, o ano da mão-peito ao Olympique, 17 a titular e 14 a suplente utilizado – 16 golos feitos, apesar do mesmo estatuto intermitente.

A terceira e última temporada foi de menor fulgor devido à concorrência: chegara Isaías, regressara Rui Águas, Magnusson era intransferível e ainda existia César Brito. E o senhor Vata lá foi continuar a meter as mãos pelos pés – sempre pela positiva – lá para os lados da Reboleira.

2 COMENTÁRIOS

  1. Lembro-me de ler o director do Bola na Rede a exaltar a qualidade dos artigos, quando é exactamente a falta de qualidade dos artigos que faz deste projecto amador. Se a falta de memória e/ou conhecimento dos escribas é, para mim, visível, mas, sendo uma opiniao, torna-se subjectivo e passível de opiniões diversas, a quantidade de erros factuais é aberrante. Aconselho a revisão dos jogos/golos do Vata em 1988/1989.

    • Bom dia, Burke.

      Antes de mais, obrigado pelo comentário e pela leitura atenta do nosso texto.

      Após confirmar os mesmos dados, importa ressalvar o mesmo. Em relação aos golos marcados, o redator apenas falava aos golos apontados no Campeonato Nacional, onde Vata foi o melhor marcador com os golos mencionados (16).

      Contudo, e deixando a ressalva que o texto fica um pouco dúbio, o número de jogos que foi dito no texto é referente aos números globais da época, na soma de todas as competições.

      Assim, agradecemos novamente a leitura atenta e o alerta que nos foi dado, uma vez que permitiu adicionar mais informação no texto de forma a torná-lo mais completo.

      Esperemos ter-te sempre desse lado para críticas construtivas e para nos ajudar a crescer ainda mais.

      Obrigado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome