Anúncio Publicitário

Vitória FC – Vitória SC

Penalti por mão na bola de Semedo, Vitória Setúbal, aos 11 minutos:

Decisão incorreta: Bem, quantos lances é que nós já vimos assim e nunca foram marcados? Eu tenho logo uns poucos na cabeça. Segundo sei, foram dadas indicações aos árbitros para considerarem bola na mão quando a bola atinge o braço de um jogador na sequência de um carrinho para tentar cortar a mão. Este lance é um exemplo disso, e se nada foi alterado, não entendo a opção de Vasco Santos.

Anúncio Publicitário

 

Alegado golo não assinalado a Gonçalo Paciência, Vitória Setúbal, aos 16 minutos:

Assim se percebe que aliado ao VAR, a Liga Portuguesa deveria também ter apostado na tecnologia da linha de golo. Em algumas situações como as bolas rasteiras é facilmente perceptível pelas imagens televisivas se a bola entrou ou não, mas em lances como este era necessário a tecnologia da linha de golo para ter 100% de certezas de que a bola passou completamente a linha de golo.

 

Penalty sobre Edinho, Vitória Setúbal, aos 87 minutos:

Decisão correta: Jubal puxa o braço de Edinho para impedir que o avançado sadino chegue à bola cruzada. Decisão correta do árbitro e grande penalidade bem assinalada.

Anúncio Publicitário