Esta é, certamente, a época mais atípica dos últimos anos no futebol mundial. A Primeira Liga Portuguesa não foge à regra, e, na tentativa de manter esta temporada “fresca” na mente de todos os nossos seguidores, resolvi elaborar um artigo acerca dos meus treinadores preferidos da nossa liga, tendo por base o trabalho nas respetivas equipas até à “paragem de Covid-19”.

O top que se segue – que começa no quinto lugar e prossegue de forma ascendente – tem um cunho bastante pessoal. Anda à volta das táticas utilizadas e do desempenho das equipas. Em alguns casos, vou tocar até na personalidade de cada um deles no que diz respeito à comunicação. Comecemos então.