logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

10 campeões surpresa nos últimos 10 anos

6. LOSC Lille – 2010/11

No ano do último título, o Lille tinha um miúdo de 20 anos (Eden Hazard) como referência Fonte: BBC
No ano do último título, o Lille tinha um miúdo de 20 anos (Eden Hazard) como referência
Fonte: BBC

O Parque dos Princípes vestiu-se de gala para voltar a receber história. Em campo entrava o “seu” PSG e o Lille, que estava na liderança do campeonato e a quem bastava fazer o mesmo resultado do Marselha para se sagrar campeão.

As coisas começaram bem ao Lille, com um golo de Obraniak, anulado, sob o apito final da primeira parte por Hoarau, que seria expulso no reatar do encontro. Isto galvanizou o Lille que chegou ao 1-2 por Mousa Sow. Porém, Bodmer empatou para os parisienses. 2-2 no final do encontro… o mesmo que o Marselha registara no Velódrome.

Explodiu-se de alegria, abriu-se o champanhe e gritou-se “vitória”, num momento que se julgava nunca vir a acontecer a uma equipa que, nos últimos anos, se contentava por lutar pelas competições europeias.

Mas aconteceu. Foi o culminar de um bom trabalho realizado por Rudi Garcia e o ano de afirmação de talentos como Obraniak, Gervinho, Mousa Sow (melhor marcador, com 25 golos) ou Eden Hazard (melhor futebolista do ano da Ligue 1), que encantavam, pelo dinamismo ofensivo que imprimiam em cada jogo.

Enquanto a França se sagrava campeã do mundo de futebol em casa, o pequeno Pedro já devorava as letras dos jornais desportivos nacionais, começando a nascer dentro dele duas paixões, o futebol e a escrita, que ainda não cessaram de crescer.                                                                                                                                                 O Pedro não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Enquanto a França se sagrava campeã do mundo de futebol em casa, o pequeno Pedro já devorava as letras dos jornais desportivos nacionais, começando a nascer dentro dele duas paixões, o futebol e a escrita, que ainda não cessaram de crescer.                                                                                                                                                 O Pedro não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

FC PORTO vs CD TONDELA