Wrestlemania Backlash: De desforra em desforra, faz-se um bom espetáculo!

    ROUSEY DESTRONA FLAIR

    Esta foi uma exibição muito melhor do que a luta na WrestleMania e a estipulação certamente ajudou. Normalmente, combates «I Quit», pelo menos na sua encarnação moderna delas, não têm tido o impacto que deviam produzir, uma vez que o ritmo é muitas vezes terrível de gerir.

    Em muitas ocasiões, este tipo de lutas sofre com as ações dos árbitros, que abrandam a velocidade de um confronto supostamente mais barbárico e violento a cada soco ou suplex. Felizmente, houve desta feita mais paciência e o árbitro esperou até que as manobras altamente impactantes fossem completadas ou que as técnicas de submissão estivessem totalmente aplicadas para intervir no espetáculo.

    A luta foi física, contou com a utilização de muitas objetos de adereço, teve drama externo e contou com grandes sequências de finalização típicas das duas lutadoras. Foi uma verdadeira rixa, no sentido tradicional do termo.

    Em última análise, a pessoa certa acabou por sair vitoriosa e o embate entre as duas maiores figuras da divisão feminina do SmackDown foi realmente ótimo – facilmente o segundo melhor combate da noite.

    Classificação: 8.5/10

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Diogo Valente Vieira
    Diogo Valente Vieirahttp://www.bolanarede.pt
    Estudante na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa. Procura realizar um percurso profissional dedicado sobretudo ao desporto nacional e internacional, através do jornalismo. O seu objetivo principal é tornar o jornalismo desportivo em Portugal o mais imparcial e prático possível, apresentando ao mesmo tempo uma personalidade com a qual a audiência possa identificar-se. Tem como interesses de destaque o futebol, o basquetebol e o wrestling.