Anterior1 de 7

A época do SL Benfica correu mal praticamente desde o primeiro jogo. Se na pré-época a contratação de Jorge Jesus e as suas famosas declarações geraram êxtase e euforia junto dos adeptos encarnados, os 100 milhões de euros gastos em jogadores de renome internacional eram a “cereja no topo do bolo”. Mas tudo isso era apenas um sonho, depois veio o pesadelo.

Pré-eliminatória da Liga dos Campeões, Supertaça, Liga Europa, Taça da Liga e Primeira Liga Portuguesa foram as competições que, consecutivamente, iam caindo como peças de dominó, uma a uma. Jorge Jesus prometeu “arrasar”, mas quem saiu arrasado foi o clube. Pelo meio, uma crise de Covid-19 afetou mais de 25 jogadores e membros da equipa técnica e staff e colocou Jorge Jesus “sob brasas”, principalmente entre janeiro e março.

Anúncio Publicitário

Desde a catastrófica derrota em Salónica frente ao PAOK, até às pobres prestações nas competições internas, o Bola na Rede decidiu fazer uma retrospetiva da época encarnada em seis partes.

Anterior1 de 7

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome