Depois de quase dois meses de “seca” no que toca ao futebol europeu, esta semana voltamos a ter semanada europeia, que é o mesmo que dizer que as competições europeias regressaram ao calendário futebolístico. E houve de tudo um pouco no regresso do melhor futebol europeu: golos, muitos golos, algumas surpresas, com o Atlético de Madrid à cabeça, e uma confirmação: Haaland, o prodígio norueguês que não para de surpreender.

Em termos de Liga dos Campeões, realizaram-se quatro jogos dos oitavos de final da competição, dos quais se destaca uma grande surpresa: o Atlético de Madrid, que venceu o mais que favorito Liverpool FC por 1-0, graças a um golo de Saúl Niguez, num jogo que foi o reflexo perfeito do Cholismo. No outro jogo de 3ª-feira, o Borussia Dortmund recebeu e venceu o Paris Saint Germain com um bis de Haaland, que igualou assim Lewandowski no topo da lista de melhores marcadores da competição com 10 golos.

No segundo dia de Liga dos Campeões, a Atalanta continuou a revelar-se a grande surpresa da edição deste ano da competição. Os italianos praticamente asseguraram a passagem aos quartos de final, após derrotarem os espanhóis do Valência por 4-1. No outro jogo do dia, o RB Leipzig venceu o Tottenham de José Mourinho, graças a um golo solitário de Timo Werner, e parte para a segunda mão na Alemanha em vantagem.

No que toca à Liga Europa, o destaque vai para o Sporting CP, uma vez que foi o único de entre os participantes portugueses na competição a vencer. Os leões, que foram também a única equipa portuguesa a jogar em casa nesta primeira mão dos 16 avos de final, venceram os turcos do Istambul Basaksehir por 3-1, levando uma vantagem confortável de dois golos para o jogo da próxima semana na Turquia.

Já o SL Benfica, o FC Porto e o SC Braga perderam os respetivos jogos pela margem mínima, o que lhes permitiu trazer alguma esperança para os jogos da segunda mão, em que irão jogar perante os seus adeptos. Os encarnados continuam o seu mau momento e perderam por 2-1 frente ao Shakhtar Donetsk, equipa orientada pelo português Luís Castro, enquanto que o FC Porto foi derrotado com o mesmo resultado pelos alemães do Bayer Leverkusen. Já o SC Braga, perdeu por 3-2 com o Glasgow Rangers, no Ibrox, depois de ter estado a vencer por 2-0.

Em relação aos outros portugueses em ação na Liga Europa, Diogo Dalot foi titular e Bruno Fernandes jogou os últimos 10 minutos do empate entre Manchester United e Club Brugge (1-1). A armada portuguesa do Wolves cilindrou o Espanyol por 4-0, com hat-trick de Diogo Jota e um grande golo de Rúben Neves. Na Alemanha, o Eintracht Frankfurt de Gonçalo Paciência e André Silva goleou o RB Salzburg por 4-1 e está com um pé nos oitavos de final da competição, enquanto a AS Roma de Paulo Fonseca venceu o Gent no Olímpico por 1-0 e segue em vantagem para a segunda mão na Bélgica.

Na Grécia, o Olympiacos de Pedro Martins perdeu com o Arsenal FC graças a um golo de Lacazette, com José Sá e Rúben Semedo a jogarem os 90 minutos. Também Bruno Varela fez o jogo todo na baliza do Ajax mas não conseguiu impedir a derrota dos holandeses no terreno do Getafe CF (2-0), equipa que tem surpreendido esta época. Por fim, destaque ainda para o empate (1-1) entre o CFR Cluj de Mário Camora (titular) e o Sevilla FC de Rony Lopes (entrou aos 78’).

Na próxima semana, joga-se a segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa, assim como os restantes quatro jogos dos oitavos de final da Liga dos Campeões, com destaque para o embate entre o Lyon de Anthony Lopes e a Juventus de Cristiano Ronaldo. Em Nápoles, teremos duelo de laterais portugueses, com o FC Barcelona de Nélson Semedo a visitar o Napoli de Mário Rui. O Manchester City de Bernardo Silva e João Cancelo desloca-se ao Santiago Bernabéu para enfrentar o Real Madrid, ao passo que o Chelsea recebe o Bayern Munique na reedição da final de 2012.

Foto de Capa: ADIDAS

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários