Mundial de Clubes | O melhor 11 de jogadores que já venceram a competição

    AVANÇADO CENTRO

    Luis Suárez (FC Barcelona – 2015): Também aqui havia muito por escolher: Lewandowski (2020), Salah (2019), Bale (2018), Ribery (2013), Paolo Guerreo (2012), Eto’o (2010), Rooney (2008), Inzhagi (2007), Amoroso (2005). Todos estes marcaram e foram decisivos nas conquistas das respetivas equipas.

    A decisão recai sobre Suarez não por simpatia, mas pelo mais simples facto estatístico do futebol: foi, entre estes, o que, na respetiva edição, marcou mais golos. Foram cinco remates certeiros na edição de 2015.

    Na meia-final, apontou todos os três golos na vitória do FC Barcelona (3-0) sobre o Guangzhou Evergrande e, na final, bisou no triunfo pela mesma margem diante do CA River Plate.

    Já não estávamos no auge do tiki-taka catalão, mas, em 2015, o Barcelona de Luis Enrique conquistou a Europa e o Mundo, com Luis Suarez como um dos máximos protagonistas.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Zinédine Zidane a um passo de regressar ao ativo

    Zinédine Zidane vai ser o novo treinador do Bayern...

    Matheus Pereira, ex-Sporting, confessa que se tentou suicidar

    Matheus Pereira representou o Spoting e o Chaves, em...

    A incrível temporada do Brest

    O Stade Brestois (ou Brest) é um clube francês...

    Luís Castro está fora do próximo confronto do Al Nassr

    Luís Castro não vai estar no banco do encontro...

    Wolverhampton prepara concorrência para José Sá

    O Wolverhampton prepara-se para apresentar uma proposta por Álvaro...
    Vasco Borges
    Vasco Borgeshttp://www.bolanarede.pt
    Frequentador de estádios e consumidor de bifanas desde os 5, aprendeu cedo que é melhor a ver do que a jogar futebol. Aos 22, estuda Jornalismo e vai escrevendo sobre os jogos que valem o preço do bilhete e as estórias que só se ouvem no bar, ao intervalo.                                                                                                                                                 O Vasco escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.