Anterior1 de 13Próximo

As finais dos Jogos de Tóquio foram adiados para 2021, o que parecia uma inevitabilidade, sendo a primeira vez – excluindo os períodos de guerra mundial – que se passarão cinco anos entre duas edições de Jogos Olímpicos. A situação mundial assim o obriga e a certeza é que para o ano que vem a celebração do desporto mundial será ainda maior e mais efusiva.

Entretanto, de forma a aguçar o apetite e aumentar ainda mais a nossa fome de Jogos Olímpicos, vamos procurar, este ano, em artigos regulares – intercalados com outros que se justifiquem – relembrar os melhores momentos da História dos Jogos.

No artigo desta semana, partilhamos 12 finais especiais de 100 metros, todas elas vencidas por atletas norte-americanos/as ou jamaicanos/as, o que comprova o domínio destas duas potências no que à velocidade diz respeito. E sim, foi de propósito que decidimos excluir a vergonhosa final masculina de 88.

Foto de Capa: Olympic

Anterior1 de 13Próximo

Comentários

Artigo anteriorQue jogos devo rever nesta quarentena? Andebol – Portugal 33-27 França
Próximo artigoFootball Manager: Um dia real numa realidade virtual
O Pedro é um amante de desporto em geral, passando muito do seu tempo observando desportos tão variados, como futebol, ténis, basquetebol ou desportos de combate. É no entanto no Atletismo que tem a sua paixão maior, muito devido ao facto de ser um desporto bastante simples na aparência, mas bastante complexo na busca pela perfeição, sendo que um milésimo de segundo ou um centimetro faz toda a diferença no final. É administador da página Planeta do Atletismo, que tem como principal objectivo dar a conhecer mais do Atletismo Mundial a todos os seus fãs de língua portuguesa e, principalmente, cativar mais adeptos para a modalidade.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.