SNOOKER

A Figura do Ano – Masculino

Fonte: World Snooker

Judd Trump – Profissional desde 2005, o jogador britânico já tinha dado cartas ao ser número um do ranking em 2012 por vários meses. Porém, foi apenas este ano que conseguiu o seu primeiro título mundial de Snooker. Caraterizado por boas partidas este ano, o apelidado Ace in the Pack, com a conquista do título, entra para a lista de jogadores vencedores do Triple Crown (World Championship, UK Championship e Masters).

A Figura do Ano – Feminino

Fonte: World’s Women Snooker / WWS

Reanne Evans – A jogadora britânica conquistou, em 2019, mais um título mundial no World’s Women Snooker. Conhecida pela sua precisão em cada tacada, este título soma-se ao 12.º da carreira, que apenas prova que Reanne Evans está, sem dúvida, associada ao domínio do Snooker no que toca ao panorama feminino da modalidade. E este ano, não foi diferente.

O Momento do Ano

Anúncio Publicitário

Ronnie O’Sullivan conquista as 1000 “entradas centenárias” – Em 2019, mais um recorde foi batido. E, desta vez, o bem conhecido Ronnie O’Sullivan faz uma das marcas mais difíceis de se conquistar: No Players Championship, no jogo contra Neil Robertson, o jogador britânico somou a milésima “centenária” – a soma de cem ou mais pontos seguidos num jogo.

Assim, Ronnie O’Sullivan é o primeiro jogador a atingir esta marca, pois é algo que já não acontece desde 1992.

Angelina Barreiro

(Colaboração especial de João Vicente)