TÉNIS

A Figura do Ano – Masculino

Fonte: ATP World Tour

Daniil Medvedev – O tenista russo foi, sem dúvida, a surpresa masculina na modalidade. Para além do número significativo de finais jogadas este ano, duas das quatro vitórias conquistadas foram a de dois torneios de categoria Masters 1000. Mas, sem dúvida que, o seu ponto alto do ano foi a espetacular final que teve em mãos, no US Open, contra o número um Rafael Nadal. Apesar de ter ficado vice-campeão do Grand Slam, a verdade é que, em 2019, o miúdo de 23 anos destacou-se e, é o atual número cinco no ranking ATP.

A Figura do Ano – Feminina

Fonte: Wimbledon

Cori Gauff – Com apenas 15 anos, Cori Gauff acaba por apresentar-se a figura do ano na categoria WTA. Não obstante a sua jovem idade, a tenista norte-americana mostrou, ao longo da época, uma garra de vencer que lhe permitiu conquistar o primeiro título WTA da carreira, em Linz, Áustria. Para além disto, o ponto fulcral do seu ano foi ter eliminado a conhecida Venus Williams numa das rondas iniciais de Wimbledon. Sendo-lhe permitido apenas jogar um número limitado de torneios WTA, por ter menos de 18 anos, a verdade é que, daqueles que jogou, a jovem conseguiu destacar-se, e bem, no patamar mundial da modalidade.

O Momento do Ano

Anúncio Publicitário

Recuperação de Andy Murray – Em 2019, os fãs do ténis puderam assistir a grandes pontos, grandes vitórias, a algumas revelações e a alguns fracassos. No entanto, o momento do ano vai para a recuperação de um dos melhores jogadores de sempre da modalidade. Falo de Andy Murray. O tenista escocês, de 32 anos, chegou a anunciar a sua retirada devido a uma lesão na anca. Mesmo com a realização de uma operação, o seu regresso aos courts nunca foi dado como certo.

Quando muitos pensavam que nunca mais iam ver Andy Murray a disputar os grandes torneios do ténis mundial, eis que o experiente tenista anuncia, no dia 9 de agosto, que ia voltar a jogar em singulares. Pouco tempo depois nova surpresa, desta vez com a conquista do Open de Antuérpia.

Foram meses de grande luta paro o escocês, mas determinação nunca faltou a Andy Murray o que prova que nada é impossível na vida. Resta saber se 2020 irá trazer mais alegrias ao tenista, certo que é podemos contar com ele para a nova época e os fãs agradecem.

Angelina Barreiro & Gonçalo Bernardo Oliveira